top of page

Imposto De Renda 2023: Nova Faixa De Isenção Só Valerá Em 2024!

As regras para o Imposto de Renda de 2023 foram finalmente divulgadas pela Receita Federal, porém, a nova tabela não valerá para a declaração deste ano.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), anunciou que a partir de maio aumentará o salário mínimo e atualizará a tabela do IR, aumentando a faixa de isenção.


Diversos contribuintes se empolgaram com a possibilidade de estarem isentos do Imposto de Renda já na declaração de 2023, entretanto, a nova tabela só valerá a partir de 2024.

Tenha uma boa leitura!


Nova tabela só em 2024!

O aumento da faixa de isenção do IR para R$ 2.640 foi anunciado por Lula este ano, porém, só terá validade para as declarações transmitidas em 2024.


Dias após o anúncio da isenção de R$ 2.640, o governo retrocedeu e anunciou que a nova faixa de isenção será de R$ 2.112, como divulgado pela Receita Federal.


Entretanto, a isenção para quem recebe até R$ 2.640 ainda acontecerá, mas de uma maneira diferente.

Na declaração do Imposto de Renda de 2023 a tabela que vigora desde 2015 continuará valendo. Atualmente estão isentos os cidadãos que recebem até R$ 1.903,98 mensalmente.

Entenda a nova faixa de isenção para o Imposto de Renda 2023

Segundo o governo federal, a faixa de isenção terá seu reajuste a partir de 1º maio, quando começa a vigorar o novo salário mínimo.



Portanto, estarão isentos do pagamento de Imposto de Renda quem ganha até R$ 2.112, a partir de maio de 2023.


Entretanto, a isenção de R$ 2.640 não foi esquecida pelo governo, um desconto automático vai ajudar estes contribuintes.

Desconto automático

Quem recebe até R$ 2.640 também terá uma certa isenção no Imposto de Renda, a partir de maio de 2023, entenda:

O governo aplicará um desconto automático de IR de R$ 528 sobre os salários dos trabalhadores.


Portanto, quem recebe mensalmente até R$ 2.640 também deixará de pagar Imposto de Renda.

O desconto de R$ 528 é por conta da chamada declaração simplificada do Imposto de Renda e será opcional.

Enfim, quem ganha até R$ 2.640 não pagará nada de Imposto de Renda, nem na fonte, nem na declaração de ajuste anual e quem ganhar acima disso pagará apenas sobre o valor excedente, a partir de maio de 2023.


Fonte Jornal Contábil




bottom of page