top of page

Caixa reabre linha de microcrédito

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quarta-feira (13) a reabertura da linha de microcrédito, nomeada de Caixa Repasse, para facilitar o acesso dos empreendedores ao crédito e impulsionar a economia no país nesta reta final de 2023.

A medida prevê uma destinação de R$ 300 milhões para a linha de crédito ainda neste ano e quer alcançar 160 mil empreendedores até dezembro.

Os valores serão emprestados pela Caixa às entidades de crédito que integram a Associação Brasileira de Entidades Operadoras de Microcrédito e Microfinanças (Abcred), que devem então repassar os valores aos empreendedores.


Quem tiver interesse na modalidade deve entrar em contato com uma das instituições listadas no site da Abcred.

O Caixa Repasse oferecerá microcrédito com valor mínimo de R$ 100 mil, com juros a partir de 0,69% ao mês e limitados a 4%, com o valor final da taxa dependendo da viabilidade do projeto. O pagamento será feito em 48 parcelas com a primeira somente 6 meses após a contratação.

“O microcrédito tem que ser uma política pública. Não pode ser meramente uma operação financeira. Senão, não dá resultado. Tem que ter um acompanhamento para gerar resultados”, disse a presidente da Caixa, Rita Serrano, durante o anúncio do relançamento da modalidade.


Diferenças entre o Caixa Repasse e o SIM Digital

Após o anúncio, surgiram dúvidas sobre o Caixa Repasse ser semelhante ao SIM Digital, programa voltado para o microcrédito e lançado em 2022, que emprestava de R$ 300 a R$ 1 mil com juros baixos, inclusive para quem tinha até R$ 3 mil em dívidas, mas os programas são bem diferentes.

Inclusive, o SIM Digital foi suspenso neste ano após os bancos revelarem que, dos R$ 3 bilhões emprestados, R$ 2,6 bilhões não foram pagos, com índice de inadimplência em 87%.

Já o Caixa Repasse oferece crédito mediante análise de projetos, com a intenção de ampliar a capacidade produtiva dos empresários, também podendo ser usado para a compra de equipamentos, móveis, ferramentas e demais itens necessários na atividade econômica.




bottom of page